Buscar

3° Domingo do Advento

“A minh’alma se alegra no meu Deus!" (Lc1, 46)



Neste terceiro Domingo de Advento, chamado Domingo Gaudete, a Liturgia convida-nos à alegria. O Advento é um tempo de compromisso e de conversão, para preparar a vinda do Senhor, mas hoje a Igreja faz-nos antegozar o júbilo do Natal já próximo. Com efeito, o Advento é também tempo de alegria, porque desperta nos corações dos fiéis a expectativa do Salvador, e esperar a vinda de uma pessoa amada é sempre motivo de alegria.


O mundo, no entanto, acusa os cristãos de serem tristes. E muitos cristãos, mesmo sabendo que o Cristianismo é a religião do amor e da alegria, muitas vezes não conseguem lidar com a tristeza e mesmo com a doença da depressão.


Para enfrentar essas situações, é preciso crescer na fé. Para além do tratamento físico e psíquico que exige a depressão, é importante um cuidar-se espiritualmente, alimentar a própria fé no amor de Deus, que desceu dos céus, de Sua alegria perfeita, para vir à Terra e trazer alegria aos homens.


Que a escuta da Palavra santa do Senhor e a participação no mistério do seu Corpo e do seu Sangue nos preparem não somente para as festas que se aproximam, mas, sobretudo para o Dia da Vinda do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo! Amém.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo