Buscar

4° Domingo do Advento

“Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavrra"(Lc1, 38)



O Evangelho deste quarto Domingo do Advento repropõe-nos a narração da Anunciação (Lc 1, 26-38), o mistério ao qual voltamos quando recitamos o Angelus. Esta oração faz-nos reviver o momento decisivo, no qual o Espírito Santo preenche o coração de Maria e, tendo recebido o seu "sim" começou a assumir carne nela e dela.


Faltam já poucos dias para a festa do Natal, e somos convidados a fixar o olhar sobre o mistério inefável que Maria guardou por nove meses no seu seio virginal: o mistério de Deus que se fez homem. É este o primeiro fundamento da redenção. O segundo é a morte e ressurreição de Jesus, e estes dois fundamentos inseparáveis manifestam um único desígnio divino: salvar a humanidade e a sua história assumindo-as até ao fim carregando totalmente todo o mal que o oprime.


Voltemos agora com o olhar a Maria e a José, que esperam o nascimento de Jesus, e aprendamos deles o segredo do recolhimento para saborear a alegria do Natal. Preparemo-nos para acolher com fé o Redentor que vem para estar connosco, Palavra de amor de Deus para a humanidade de todos os tempos.


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo